fbpx
 MISTÉRIO DO INGLÊS: por que “I” é com maiúscula?

Todo professor de inglês já se deparou com vários erros nas redações dos alunos, isso é super normal. Mas de todos os erros, um se destaca: esquecer que I (eu) é com letra maiúscula.

Entendo por que é fácil esquecer isso. Temos regras para o uso da letra maiúscula, mas I não se enquadra em nenhuma delas. Usamos maiúscula no início da frase e com nomes próprios, não é o caso de I, um pronome que pode vir em qualquer parte da frase. Aliás, por que o pronome I é grafado com maiúscula, mas não me ou you?

A resposta mais direta é que ninguém sabe ao certo. Até os etimólogos, que estudam a história das palavras, não têm certeza. Contudo, existem algumas teorias.

  1. A pronúncia de ‘I’ mudou com o tempo. Era um som curto, porque vinha do alemão ‘ich’ (um som como o ‘i’ de ‘ticket’). Quando virou o I longo de hoje, como em ‘bike’, deixamos a letra maior para combinar com o som.
  2. O ‘i’ minúsculo é difícil de ler. É mais fácil enxergar o I maiúsculo quando ele é usado sozinho. As pessoas começaram a grafar assim, e a moda pegou.
  3. Para mostrar que a pessoa escrevendo é importante. Usar a letra maiúscula em I e não em you pode ajudar quem escreve a ter mais autoridade. Isso não explica, porém, a falta de maiúscula em me.
  4. Para dar ao inglês a identidade de idioma nacional. O inglês nem sempre foi o idioma oficial. Antigamente, quem mandava na Inglaterra falava latim ou um francês arcaico. Este é um dos motivos para as regras gramaticais e a ortografia de inglês nem sempre serem previsíveis. Quando o inglês virou o idioma oficial, as pessoas fizeram mudanças pequenas para conferir a ele maior autoridade. Talvez o I maiúsculo tenha sido uma delas.

Apesar de saber que nunca teremos a resposta real para essa pergunta, é interessante conhecer as teorias. Contudo, o mais importante é lembrar que I, ‘eu’ em inglês, é grafado com letra maiúscula.

Conte para a gente, qual das teorias você acha que é a verdadeira. Compartilhe este mistério com os amigos e veja a opinião deles também.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *