fbpx
 O QUE FAZER PARA NÃO PERDER A PRÁTICA APÓS A CONCLUSÃO DO CURSO DE INGLÊS?

Aprender inglês pode ser fácil, mas exige muita disciplina e dedicação. Aqueles que aprendem o idioma em um curso de inglês, como a DO UP, por exemplo, seguem uma rotina de estudos do primeiro dia de aula até a conclusão. E quando a aquisição da fluência é finalmente conquistada, não é o fim da jornada e sim o início de uma nova!

Após a conclusão do curso de inglês, há inúmeras maneiras de seguir aprimorando aquilo que foi aprendido nas aulas. Afinal, após todo o caminho percorrido, perder a prática definitivamente não é a melhor escolha.

Confira aqui, dicas do que fazer ao concluir um curso de inglês.

1. Ler em Inglês

Existem opções de cursos para quem já é fluente em inglês e deseja aprimorar o nível de conhecimento.

A leitura ajuda você a manter as palavras que sabe e também a aprender novas palavras. Você também terá contato com o modo como as ideias são apresentadas – organizadas – nos textos, como os fatos são relatados, como um assunto puxa o outro. Enfim, ler é uma maneira muito eficaz de manter a fluência em inglês e desenvolver ainda mais essa fluência. Portanto, LEIA!

Uma coisa legal que você pode fazer é ler alguns textos em voz alta. Não tenha vergonha de fazer isso! Ler textos em voz alta ajuda o ouvido e o cérebro a fixarem melhor as informações que estão sendo lidas. Portanto, vá para um cantinho reservado em sua casa e read out loud.

Outra coisa bem bacana é ler um texto e depois fazer um resumo sobre ele. Você pode fazer esse resumo mentalmente (pensando em inglês, claro!) ou em voz alta (falando em inglês mesmo!). Imagine-se tendo de explicar a uma outra pessoa o que você acabou de ler. Isso ajuda você a melhorar a assimilação e sintetização de ideias apresentadas em textos. Enfim, é uma forma de ajudar a manter a fluência em inglês.

2. Ouvir em Inglês

Ouvir é muito importante. Afinal, se você perde a habilidade de compreender o que as pessoas dizem, você terá dificuldades para se comunicar bem. E, como dizia o velho Aberlardo Barbosa (Chacrinha), quem não se comunica se se trumbica.

Para ouvir coisas em inglês, o bom é ir para o Youtube e procurar por palestras em inglês. Há várias sobre os mais variados temas: auto-ajuda, negócios, química, física, biologia, matemática, línguas,dia a dia, etc. You can also watch TV shows on Youtube: interviews, sitcoms, movies and so on. Pick something you like and watch it. Listen to it!

Além do Youtube, você pode ir para os sites de notícias – BBC, CNN, ABC, Fox News, Channel 4 e outros tantos – e assistir a entrevistas e documentários que são compartilhados nessas páginas gratuitamente. Tem de tudo! É só escolher o site de sua preferência e aproveitar tudo o que eles oferecem sem cobrar nada por isso.

Ouvir programas de rádio – talk radios, por exemplo – também é uma excelente maneira de manter a fluência em inglês. 

3. Escrever em Inglês

Não se trata de escrever um diário ou um livro em inglês. Se bem que essas são coisas que também ajudam a manter a fluência em inglês. Mas, que tal escrever algo naturalmente e ao longo do seu dia a dia? Essa coisa de escrever naturalmente ajuda a manter a língua inglesa presente em sua vida. Uma maneira de fazer isso é fazendo anotações em inglês. Como assim?

Você vai ao supermercado fazer compras? Então, escreva a sua lista de compras em inglês. Você está em uma aula na faculdade e está tomando notas do que o professor está apresentando? Então, faça as anotações em inglês. Você tem de anotar algo na agenda para lembrar depois? Então, anote em inglês. Você está assistindo a uma palestra em um evento? Então, anote os pontos principais dessa palestra em inglês.

Fazer anotações em inglês ajudará a manter as palavras, expressões e o modo de organizar as ideias sempre fresquinhas em seu cérebro. Experimente fazer isso por um tempo e depois me conte qual foi o resultado. Tenho certeza que você vai gostar!

Se não souber uma palavra ou expressão, anote-a em português mesmo e depois pesquise como ela é dita em inglês. Isso vale para tudo. Se você estiver assistindo a uma palestra sobre o meio-ambiente, poderá não saber todas as palavras em inglês; mas, poderá tirar um tempinho para aprender. Não há dúvidas de que essa é uma maneira interessante de manter a fluência em inglês e aprender coisas novas.

4. Falar em Inglês

Ok! Até aí tudo bem! Você pode ler em inglês! Você pode ouvir em inglês! Você pode escrever em inglês! Mas, e falar em inglês? Como manter a fluência em inglês na fala? Com quem falar? Com quem bater papo? Com quem ter um dedinho de prosa?

Bom! Aí é um pouco mais complicado. É nessa habilidade que provamos o quanto a pessoa é capaz de se virar nos 30. Eu mesmo já me enrolei com isso. Até que um dia acordei para a vida.

Parei de ficar só lendo, ouvindo e escrevendo e fui atrás de fazer amigos online. Amigos, claro, que também falam inglês. Esses amigos e amigas são falantes nativos e não-nativos de inglês. Pessoas que quando têm um tempinho batem papo em inglês comigo via Skype.

Se você não é muito de bater papo via internet, então veja se tem amigas e amigos próximos a você que também falam inglês. Marque uma social de vez em quando em algum lugar para que vocês possam se encontrar e trocar figurinhas em inglês.

Em algumas cidades do Brasil, há grupos de conversação que se reúnem uma vez por semana ou uma vez por mês. Os encontros podem ser em bares, restaurantes, pizzarias, igrejas, escolas de idiomas, praças, praias… Enfim, o objetivo é reunir uma turma que fala inglês e conversar sem medo. Informe-se a respeito!

Outra dica – maluca, reconheço! – é falar sozinho de vez em quando. Crie um amigo imaginário para bater um papo com ele vez ou outra. Vira e mexe, eu e meu amigo imaginário temos altos papos em inglês sobre política, filosofia, religião, cotidiano, vida alheia, etc. O que não nos falta é assunto para treinar nosso inglês.

5. Dica Final

Agora, digamos que nenhuma das dicas acima chamou a sua atenção. O que fazer?

Não faça nada! Deixe para lá! Daqui a pouco você vai começar a esquecer o que sabe. Aí, quando perceber que está enferrujando, se matricule na escola de inglês da DO UP, no nível intermediário e comece praticamente tudo de novo. Você certamente voltará a lembrar o que esqueceu (ou não!).

O segredo para manter a fluência em inglês é manter-se envolvido com a língua. Para isso, é preciso que você crie hábitos que façam com que a língua esteja presente no seu dia a dia. É preciso força de vontade e paciência para isso. Mas, o resultado será recompensador: manter a fluência em inglês e melhorar cada vez mais e mais. E isso é o que você deseja, não é mesmo?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *